Júris e Prémios

 

PRÉMIOS

Grande Prémio Porto/Post/Doc
By Vinhos Verdes
(no valor de 3000 Euros) 

Prémio Biberstein Gusmão (para autores emergentes)
Residência artística Moinho da Fonte Santa

Prémio Cinema Novo
Prémio para o melhor filme da competição Cinema Novo

Prémio Teenage
Prémio atribuído por um grupo de alunos de escolas do Grande Porto a um filme de um conjunto transversal a vários programas

Prémio Arché
Prémio para o melhor projeto da Oficina Arché. Residência artística Moinho da Fonte Santa

 

JÚRIS OFICIAIS

Júri Competição

Lois Patiño
Realizador galego de crescente reputação internacional. É autor de várias curtas-metragens e instalações. A sua primeira obra de longa-metragem, Costa da Morte, premiada em Locarno, sobre a costa da Galiza, foi amplamente divulgada no circuito internacional de festivais.

Nuria Cubas
Cineasta formada em Madrid e do México, fundou em 2015, e ainda dirige o FILMADRID, Festival Internacional de Cine de Madrid.

Hilke Doering
Nascida em 1996, cresceu entre a Alemanha e a Suíça. Estudou sociologia e fez investigação etnográfica. É, desde 1995, responsável pela competição do International Short Film Festival Oberhausen.

Mário Moura
Designer, conferencista e crítico. Parte dos seus textos foram recolhidos no livro Design em Tempos de Crise (Braço de Ferro, 2009). Professor na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.

Ivo M. Ferreira
Em Lisboa, inicia a sua formação técnica e artística e, antes de ir para a China, frequentou a London Film School e a Universidade de Budapeste. Aos 18 anos fundou uma pequena produtora em Macau. A Exposição Mundial EXPO98 convidou-o a realizar uma curta-metragem e desde então mantém a sua atividade como cineasta. O seu último e premiado filme é Cartas de Guerra.

Raquel Castro
Diretora artística do Festival Lisboa Soa. Investigadora na área do som, prepara uma série de televisão para a RTP.

 

Júri Competição Cinema Novo

André Santos e Marco Leão
Dupla de realizadores com uma extensa obra no campo da curta-metragem. O Porto/Post/Doc 2017 dedica uma retrospetiva dessa obra no programa educativo School Trip.

António Guimarães
Nasceu em Guimarães em 1951. Em 1985, fundou o mítico Anikibóbó. Desde 2004, é o principal responsável pela renovação do Passos Manuel, um cinema e bar de referência na vida cultural portuense.

Eglantina Monteiro
Antropóloga, vive e trabalha em Castro Marim; desde 2008, dirige a Companhia das Culturas. Entre 1985 e 2000, foi professora de Antropologia da Arte na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Fez trabalho de campo na Amazónia brasileira, Guiné-Bissau e Serra Algarvia. Desde1992, trabalha com colecções coloniais, desenvolvendo um trabalho curatorial sobre estes materiais.

 

Júri Arché

Jean-Pierre Rehm
Jean-Pierre Rehm é um teórico do cinema, critico e, desde 2002, director do FID Marseille – International Documentary Film Festival. Estudou Literatura Moderna e Filosofia na Ecole Normale Supérieure (ENS) em Paris. Jean-Pierre Rehm é também editor do Cahiers du Cinéma e autor frequente de textos, catálogos e monografias sobre arte e cinema. Tem sido curador de várias exposições de arte contemporânea em França, Egipto (Cairo Museum of Modern Art), Holanda (Witte de With, Rotterdão), Japão (Yokohama Art Center), entre outros. 

Beli Martínez
Produtora de filmes como Arraianos (Eloy Enciso, 2012), Vikingland (Xurxo Chirro, 2011) e Jet Lag (Eloy D. Serén, 2013), Beli Martínez é também licenciada em Comunicação Audiovisual e Publicidade e Relações Públicas, e docente na Escola de Imaxe e Son de A Coruña e na Universidade de Vigo. Concluiu recentemente um doutoramento sobre o cinema de não-ficção na Galiza

Daniel Ribas
Nasceu e vive no Porto. É director e programador do Porto/Post/Doc. É também colaborador do Curtas Vila do Conde. Actualmente, é professor de cinema da Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa e membro do CITAR – Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes. É Doutor em Estudos Culturais pelas Universidades de Aveiro e do Minho. Tem escrito diversos artigos e capítulos de livros sobre cinema português contemporâneo, cinema experimental e documentário. Membro fundador e Presidente da actual direcção da AIM - Associação de Investigadores da Imagem em Movimento.

 

Júri Teenage

Escola Artística de Soares dos Reis
Inês Seabra
Luana Dias
Maria Eduarda Sequeira

Escola Artística e Profissional Árvore
Tomás Costa Basto Magalhães Bandeira
Francisco Afonso Consciência Batista
Filipe de Oliveira Pacheco

Escola Secundária Clara de Resende
André Urbano
Gonçalo Vaz
Margarida Pisco
Clara Pelaez

Academia Contemporânea do Espetáculo
Luís Rafael Fernandes da Cunha Couto (Luz e Som)
Beatriz Carvalho Nascimento Andrade Silva (Interpretação)
Dalila Sofia Teixeira Pereira (Cenografia e Figurinos)